selfie empoderada

O Meu Corpo é RESISTÊNCIA

Todo dia uma mulher gorda é xingada na rua.
Todo dia uma mulher gorda é mal atendida por um médico.
Todo dia uma mulher gorda ouve uma mulher magra dizer que está gorda (e que isso é a coisa mais terrível que pode acontecer em sua vida).
Todo dia uma mulher gorda é olhada com desprezo numa academia.
Todo dia uma mulher gorda é julgada num restaurante.
Todo dia uma mulher gorda é escondida pelo seu namorado (que sente vergonha de amar uma mulher fora dos padrões).
Todo dia uma mulher gorda é rejeitada numa entrevista de emprego.
Todo dia uma mulher gorda quebra uma cadeira (feita pra pessoas magras).
Todo dia uma mulher gorda escuta que ela é bonita, mas apenas de rosto.
Todo dia uma mulher gorda é classificada como uma pessoa sem vida sexual.
Todo dia uma mulher gorda causa espanto por ser feliz.
Todo dia é dia de resistência.

bundaviral

‪#‎gordaezen‬ ‪#‎amorproprio‬ ‪#‎belarecatadaedolar‬ ‪#‎ameoseucorpo‬ ‪#‎loveyourbody‬ ‪#‎love‬ ‪#‎amor‬

Minha Barriga Positiva

Uma das coisas mais difíceis do meu processo de empoderamento foi aceitar e amar a minha barriga. Lembro de quando eu era bem magrinha e, ainda assim, odiava a minha barriga! Eu quase me matava fazendo abdominais, mas ela estava sempre ali: inconveniente, imperfeita, indesejada. Eu implicava com qualquer dobrinha e vivia sofrendo por não ter a barriga sarada das mulheres que via nas revistas. Hoje eu me amo e amo a minha barriga, que não tem nada de negativa, muito pelo contrário! Ela é que nem eu: POSITIVA! É também otimista, alegre, desejada, sensual, gostosa… adicione mais adjetivos aqui… hehehehe… <3 barriga

Faça as Pazes com a Balança!

Depois da série de posts gordofóbicos nas redes sociais durante o Natal, às vésperas da primeira segunda-feira do ano, começaram a pipocar na timeline memes sobre o medo de se pesar. Um deles dizia assim: “você aí tão feliz… já se pesou?”. Se eu tiver que responder sobre mim, não… não me pesei e nem me importei com isso! Comi tudo o que eu quis na ceia de Natal e estava uma delícia! No ano-novo também comi super bem: um bacalhau espetacular com um vinho branco dos deuses. Sobre a balança… apesar de não ter chegado perto dela, sei exatamente o que ela me diria: Tatiana, você continua gorda, poderosa, linda e maravilhosa!

maravilhosa1

É, eu fiz as pazes com a balança há um tempo. Entendo que nem todas as mulheres – sim, vou falar de mulheres porque sabemos que 99% dessas mensagens são para nós, nem adianta disfarçar! – tenham se empoderado, então faço questão de ajudar. Miga, entendo que você morra de medo de engordar. Fomos criadas num mundo que nos ensina o tempo todo a odiar os nossos corpos, um mundo que nos impõe um padrão de beleza completamente irreal. Entendo mesmo! E já fui como você. Já fui inclusive magra e mesmo assim eu só via defeitos no meu corpo. E é por isso que eu digo: a balança não precisa ser sua inimiga, você pode ser linda de qualquer jeito!

linda

Tá. Aí você me diz: Tati, não sou obrigada a ser gorda. E eu digo pra você: claro que não! Se você quer emagrecer, se você deseja realmente se manter magra, vai fundo! Se alimente bem, faça exercícios, coma batata doce com frango a semana inteira, o que você achar melhor. Mas não brigue com a balança! Ela não é a sua inimiga! Vou te dizer que esse tal de cálculo de IMC é caído e não diz nada sobre sua saúde, tá? Estou com obesidade grau I por esse cálculo e minhas taxas estão perfeitas. Mas aí você me diz que quer ser magra por estética mesmo, porque gosta e eu te digo: vai fundo, amiga! Mas não precisa ficar de paranóia, né? E nem postando esses memes que oprimem a sua amiga gorda, que talvez também queira ser magra como você, mas por qualquer motivo que desconhecemos (e não temos nada a ver com isso) não consegue. Vamos quebrar essa cultura da magreza, do padrão, do medo da balança! Talvez você tenha sim engordado 300 gramas… GET OVER IT!

getoverit

A minha proposta é: AME O SEU CORPO. Não vou brigar com você, não vou fazer a gorda militante raivosa, apesar de eu entender a raiva das pessoas que são oprimidas na sociedade. Mas eu tô tentando aqui ser zen. Bebendo vinho ou meditando, estou me amando. E queria muito que você se amasse também. Vamos ser realistas… já participei das reuniões dos Vigilantes do Peso e tinha o hábito de me pesar toda semana. Vamos combinar que 15 dias chutando o balde geral não faz a gente engordar mais do que 3 quilos. Nunca aconteceu comigo, tenho certeza de que não aconteceu com você também. Então relaxa, miga! Seja feliz! Gorda ou magra. Agora me abraça. E deixa essa neura pra lá. Amo você! Faça o favor de se amar também.

amovc

Sobre Selfies e Nudes

Sabe aquele dia que você está andando na rua, se sentindo um lixo? Aquele dia que você reza pra não esbarrar com o crush e, se vê de longe um date em potencial, corre pra se esconder atrás do poste? Já aconteceu com você de, nesse mesmo dia, ao passar por um espelho e se deparar com uma mulher bonita, pensar: ôpa, sou eu? Comigo já aconteceu mais de uma vez. E eu acredito que esse sentimento constante de se sentir mal com a nossa imagem, vai muito além de um bad hair day, por exemplo. Somos bombardeadas o tempo inteiro com imagens de mulheres irreais e acabamos com esse sentimento de pouco valor, de inadequação, é mais do que natural se sentir assim. Mas depois de reconhecer que nos sentimos dessa forma e que é mais do que natural, de acordo com as circustâncias, que tal tomar o poder de volta para si? Que tal se empoderar? A selfie faz isso.

Num mundo que nos diz que devemos ser brancas, magras, jovens, e de cabelo liso, postar uma selfie sua e mostrar que, apesar de você estar completamente fora desse padrão, você EXISTE e SIM é LINDA pode ser revolucionário, não é mesmo?

Eu fui magra até os vinte e poucos anos. E eu me odiava. Me achava feia, inadequada e até gorda, quando engordava 3 quilos. Fiz todo o tipo de dieta maluca possível, tomei remédios para emagrecer… e eu era magra. Hoje estou gorda. E penso em emagrecer sim, mas amando o meu corpo e não mais me maltratando como antes. Foi preciso eu engordar algo em torno de 40 quilos para eu olhar no espelho e dizer: chega! Agora eu vou me amar sim. Dane-se o padrão! Eu sou linda como sou. Não há como não ser porque eu me amo e pronto. Eu sou amor.

Eu vejo amigas lindas encucando com dobrinhas. Dobrinhas! Existe algo mais sexy que dobrinhas? Conheço mulheres lindas de 30 e poucos anos que já aplicam botox no rosto. Eu não consigo entender… esse medo de envelhecer e de engordar que aprisiona e maltrata. Eu me liberto desse medo, eu me entrego e eu me amo como eu estou AGORA. Porque só existe o agora. E se eu tiver que emagrecer alguns quilos, vai ser por mim e não pra me encaixar em algum padrão. E vou amar cada pedaço do meu corpo, cada ruga, cada dobrinha, cada celulite e cada estria como se fosse o meu bem mais precioso.

12080070_1684907341745324_631177755334314376_o

E por isso farei selfies. E mandarei nudes.
Ame o seu corpo!

EU SOU GRATA PELO MEU CORPO

Com muita frequência, costumamos sentir vergonha, raiva e até desprezo por algumas partes do nosso corpo. Hoje eu convido você a fazer uma lista com todas as coisas que você tem a agradecer pelo seu corpo.

Vou dar alguns exemplos:

1. Sou grata ao meu corpo por ele me transportar de um lugar a outro
2. Sou grata ao meu corpo pelo prazer sexual que ele me proporciona
3. Sou grata ao meu corpo por ter gerado um filho
4. Sou grata ao meu corpo pela corrida de toda manhã
5. Sou grata ao meu corpo por poder dançar ao som de uma música

E por aí vai…

Lembre-se de tudo o que puder, das coisas mais simples, qualquer coisa que vier à sua mente. Lembre-se e anote na lista. Depois, guarde esta lista com você durante toda a semana e leia todas as manhãs ao acordar. Leve com você pra onde for e se sentir que precisa, leia novamente, quantas vezes quiser.

Quando sentimos gratidão pelo que somos ou temos no momento presente e focamos apenas no lado positivo das coisas, milagres acontecem. Nós criamos absolutamente tudo o que acontece à nossa volta e pensar positivo e se sentir grato é um exercício tão eficaz quanto o exercício físico é para os nossos músculos ou a meditação é para a nossa mente.

Depois me conta se sentiu alguma diferença durante a semana.
Um beijo, bom domingo e uma linda semana.

<3grateful-body-gz